b4238220-54a1-403e-b55d-624d133a73db

Com a organização da Rede de Urgência e Emergência do Norte de Minas, em 2008, foi instalado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU Macro Norte -, habilitado pela Portaria Ministerial nº 129, de 27/01/2009, que passou a integrar os 86 municípios da Macrorregião Norte de Minas, beneficiando 1.577.491 pessoas.

O Complexo Regulador Macrorregional, inaugurado em dezembro de 2008, está localizado em Montes Claros, onde funcionam a Central de Regulação de Urgência e a Central de Regulação Assistencial. O serviço possui, ainda, 36 bases descentralizadas, estrategicamente distribuídas na região, com 47 unidades móveis de atendimento, sendo 40 Unidades de Suporte Básico (USB) e 7 Unidades de Suporte Avançado (USA).

A USB é utilizada em casos de urgência, quando é preciso o pronto atendimento, mas não há risco de morte iminente. Nestes casos, o resgate é feito por um condutor-socorrista e um técnico de enfermagem. Já a USA é acionada em casos de emergência, quando há necessidade de intervenção médica imediata. Nestes casos, o resgate é feito por um condutor-socorrista, um médico e um enfermeiro. Em ambos os casos, os resgates seguem o Protocolo de Suporte Básico de Vida. Todas as unidades são monitoradas, sendo possível conhecer a localização e a rota durante o deslocamento.

A gestão administrativa do SAMU Macro Norte é realizada pelo Consórcio Intermunicipal de saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (CISRUN), que integra 86 municípios e é mantido pelos governos Federal, Estadual e Municipal.

O SAMU Macro promove o acesso a usuários, por intermédio do número público gratuito nacional 192, exclusivo para as urgências e emergências médicas, funcionando como importante “porta de entrada” do sistema de saúde e constituI-se em observatório privilegiado da saúde, com capacidade de monitorar de forma dinâmica, sistematizada e em tempo real, todo o funcionamento da Rede de Urgência e Emergência.

Funcionando 24 por dia, sete dias por semana, o SAMU Macro Norte dispõe de

acionamento fácil e gratuito pelo número nacional de urgências médicas, o 192. O serviço realiza atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência em casos clínicos, traumáticos, gineco-obstétricos e psquiátricos, e, quando necessário, transporta o paciente com segurança e com acompanhamento profissional até a unidade de saúde mais adequada e no menor tempo possível.

Ao chamar o SAMU pelo número 192 o cidadão é atendido por Técnicos Auxiliares em Regulação Médica (TARMs) e por Médicos Reguladores que o orientam de acordo com a situação relatada ou enviam uma unidade para o atendimento no local.

O SAMU Macro Norte mantém um Núcleo de Educação Permanente (NEP) que realiza o treinamento e qualificação de todos os profissionais do SAMU, inclusive do setor administrativo. A equipe de instrutores do NEP também elabora os protocolos assistenciais e promove a capacitação dos profissionais que atuam na assistência ligados à Rede de Urgência e Emergência.

Com a organização da Rede de Urgência e Emergência do Norte de Minas, em 2008, foi instalado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU Macro Norte -, habilitado pela Portaria Ministerial nº 129, de 27/01/2009, que passou a integrar os 86 municípios da Macrorregião Norte de Minas, beneficiando 1.577.491 pessoas.

O Complexo Regulador Macrorregional, inaugurado em dezembro de 2008, está localizado em Montes Claros, onde funcionam a Central de Regulação de Urgência e a Central de Regulação Assistencial. O serviço possui, ainda, 36 bases descentralizadas, estrategicamente distribuídas na região, com 47 unidades móveis de atendimento, sendo 40 Unidades de Suporte Básico (USB) e 7 Unidades de Suporte Avançado (USA).

A USB é utilizada em casos de urgência, quando é preciso o pronto atendimento, mas não há risco de morte iminente. Nestes casos, o resgate é feito por um condutor-socorrista e um técnico de enfermagem. Já a USA é acionada em casos de emergência, quando há necessidade de intervenção médica imediata. Nestes casos, o resgate é feito por um condutor-socorrista, um médico e um enfermeiro. Em ambos os casos, os resgates seguem o Protocolo de Suporte Básico de Vida. Todas as unidades são monitoradas, sendo possível conhecer a localização e a rota durante o deslocamento.

A gestão administrativa do SAMU Macro Norte é realizada pelo Consórcio Intermunicipal de saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (CISRUN), que integra 86 municípios e é mantido pelos governos Federal, Estadual e Municipal.

O SAMU Macro promove o acesso a usuários, por intermédio do número público gratuito nacional 192, exclusivo para as urgências e emergências médicas, funcionando como importante “porta de entrada” do sistema de saúde e constituI-se em observatório privilegiado da saúde, com capacidade de monitorar de forma dinâmica, sistematizada e em tempo real, todo o funcionamento da Rede de Urgência e Emergência.

Funcionando 24 por dia, sete dias por semana, o SAMU Macro Norte dispõe de

acionamento fácil e gratuito pelo número nacional de urgências médicas, o 192. O serviço realiza atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência em casos clínicos, traumáticos, gineco-obstétricos e psquiátricos, e, quando necessário, transporta o paciente com segurança e com acompanhamento profissional até a unidade de saúde mais adequada e no menor tempo possível.

Ao chamar o SAMU pelo número 192 o cidadão é atendido por Técnicos Auxiliares em Regulação Médica (TARMs) e por Médicos Reguladores que o orientam de acordo com a situação relatada ou enviam uma unidade para o atendimento no local.

O SAMU Macro Norte mantém um Núcleo de Educação Permanente (NEP) que realiza o treinamento e qualificação de todos os profissionais do SAMU, inclusive do setor administrativo. A equipe de instrutores do NEP também elabora os protocolos assistenciais e promove a capacitação dos profissionais que atuam na assistência ligados à Rede de Urgência e Emergência.

Missão

“Prestar atendimento pré-hospitalar de excelência a toda população da área de abrangência do SAMU MACRO NORTE/CISRUN, dispondo de colaboradores motivados e capacitados, respeitando, acima de tudo, às pessoas, à vida e aos preceitos do SUS.”

Visão

“Tornar-se referência no Brasil em atendimento pré-hospitalar, gestão de processos e pessoas, contribuindo efetivamente com o Estado de Minas Gerais para organização da Rede de Urgência e Emergência do Norte de Minas.”

Valores

– Ética; humanização; valorização das pessoas; trabalho em equipe; agilidade; qualidade; comprometimento institucional; compromisso com o Estado.