Na tarde da quarta-feira (19), o SAMU Macro Norte foi acionado através do 192 para uma ocorrência em Taioibeiras. A solicitação de atendimento envolvia uma senhora idosa com suspeita de parada cardiorrespiratória. O que parece normal, já que atendimentos de urgência e emergência são a função do SAMU, demonstra um diferencial da entidade que atua em 86 municípios do Norte de Minas: a utilização de instrumentos que outras instituições, ou mesmo unidades do SAMU de outras regiões, não possuem.

No caso da ocorrência de Taiobeiras, o medicamento chamado tenecteplase foi determinante para o sucesso no atendimento à vítima. Uma vez que o medicamento foi utilizado ainda dentro da ambulância para tratamento da lesão na artéria coronária direita da paciente. O uso do trombolítico foi determinante para o sucesso do atendimento pela equipe do SAMU.

Para quem não está familiarizado com o termo trombolítico, ou fibrinolítico, é um medicamento utilizado para dissolver coagulações no interior do vaso sanguíneo e está disponível nos veículos de Suporte Avançado (USA) do SAMU Macro Norte.
“Os treinamentos realizados com frequência pelo Núcleo de Educação Permanente do SAMU Macro Norte são fundamentais para que a nossa equipe seja a melhor de Minas Gerais”, disse coordenador médico do SAMU Macro Norte, Daniel Silva Ramos.

Kely Cristina de Moura Lacerda, diretora executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun), que é o órgão que realiza a gestão do SAMU Macro Norte, lembra que a unidade que atua no Norte de Minas é a única no estado que utiliza o trombolítico. “O eletrocardiógrafo, que realiza um exame dentro das ambulâncias e o manda em tempo real para a Central de Regulação do SAMU identificar a lesão do paciente, e a ultrassonografia, que viabiliza o diagnóstico a distância de pacientes em situação crítica, são outros exemplos do diferencial do SAMU Macro Norte”, enumera. “Essas ações garantem qualidade no atendimento para o paciente e redução de custos para a rede de saúde. Uma ação pontual que reflete positivamente em toda rede do Norte de Minas, e consequentemente para todo o país”, finalizou.

6c550e4f-f9cf-45ef-b37a-243eaf716b0e 8ae74b15-925e-47de-a1ca-c6bef9e6f9dd

Deixe uma resposta