O SAMU Macro Norte passa a contar agora com um novo sistema que poderá reduzir drasticamente o tempo de acionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, através do telefone 192. O novo recurso consiste em um aplicativo, o “192 Fácil”, que enviará a localização do solicitante à Regulação Médica, onde são recebidos os chamados de socorro.

Atualmente, para solicitar o pedido de socorro ao SAMU o solicitante deve ligar para o 192, momento em que um atendente de telemarketing irá anotar informações extremamente importantes para se chegar ao local do chamado, como nome, endereço da vítima e um ponto de referência para facilitar a localização. Após o recolhimento dos dados iniciais, a ligação é direcionada ao médico para que seja feita a triagem e enviado o recurso adequado para a ocorrência.

Como o SAMU Macro Norte é um serviço regionalizado, a instituição recebe ligações de 86 municípios do Norte de Minas, diariamente. Porém, ao contrário do que muitos imaginam, todos estes chamados caem diretamente na Regulação Médica que fica localizada em Montes Claros. Dessa forma, todas as vezes que entra um chamado via 192 é necessário que o solicitante também informe a cidade de onde está falando.

Com o “192 Fácil”, a primeira fase do atendimento se tornou mais prático e rápido, otimizando, assim, o tempo entre o chamado e envio da ambulância. Com o novo aplicativo, as informações que são recolhidas pelo atendente já aparecerão automaticamente na tela da central do SAMU, mostrando a localização exata do paciente que necessita do socorro.

Para isso, a orientação é de que todos os usuários do serviço baixem o aplicativo “192 Fácil” disponível tanto para os sistemas operacionais Android e iOS, através do Google Play ou App Store, e preencham os dados solicitados para a efetivação da ferramenta. É importante frisar que, caso a pessoa esteja sem conexão com a internet, o contato será direcionado para a Regulação Médica através do 192. Dessa forma, os dados iniciais deverão ser informados no momento da ligação.

Para a diretora executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun), Kely Cristina de Moura Lacerda, a nova ferramenta irá contribuir muito para que os profissionais do SAMU cheguem até os locais dos atendimentos em menor tempo, mas a população deve baixar o aplicativo, que é gratuito, e preencher os dados corretamente.

O presidente do Cisrun, Silvanei Batista dos Santos, conta que a plataforma “SAMU Fácil” foi desenvolvida a pedido do Governo de Minas e possibilitará ainda mais rapidez ao serviço de urgência e emergência do SAMU. “É uma ferramenta que já está funcionando e que vem sem custo para beneficiar a população do Norte de Minas” conclui.

Por Jane Felix
Assessora de Comunicação
SAMU Macro Norte
Contato: (38) 9 9944-0311
ascom@cisrun.saude.mg.gov.br