O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun)/SAMU Macro Norte deixou o “Dia Internacional da Mulher” das montesclarenses ainda mais doce com uma ação realizada na Praça Dr. Carlos, em Montes Claros, na manhã desta sexta-feira (08).

Profissionais da instituição estiveram no principal ponto de encontro da cidade para prestar uma homenagem às mulheres que passavam pelo local. Uma mensagem de carinho e incentivo, acompanhada de um bombom, foi entregue durante a ação.

A moradora do Conjunto Residencial Vitória II, Maria Dulce de Fátima Rodrigues Freitas, de 61 anos, passava pelo local e foi abordada pelo coordenador do Núcleo de Educação Permanente do SAMU, Ubiratam Lopes Côrrea. Após as felicitações, a senhora disse estar se achando importante por ter recebido a gentileza. “É uma lembrança simples, mas é digna, de bom coração e que faz a gente feliz”, disse.

Mais adiante, enquanto Maria José Corrêa Veloso, 66, esperava a lotação que a levaria ao bairro Monte Carmelo, foi surpreendida por um dos funcionários do SAMU com a lembrança. A idosa, que afirmou não se lembrar da data comemorativa, se sentiu feliz pela singela homenagem. “Esse momento em que vocês me pararam aqui, para me lembrar desse dia, é muito gratificante!”, disse. “Nada melhor do que contemplar essa data e valorizar as mulheres levando um abraço, uma palavra de carinho.

“O SAMU não se faz presente apenas nos momentos de aflição”, afirmou o coordenador do NEP se referindo aos diversos eventos que são realizados pela instituição e que capacitam seus colaboradores, os profissionais da saúde de outras entidades e a população em geral.

O momento de homenagens se encerrou, na sede do Cisrun, com a entrega de uma flor e um bombom às funcionárias do SAMU. A diretora executiva do Cisrun, Kely Cristina de Moura Lacerda, aproveitou a oportunidade para lembrar que as mulheres, ao mesmo tempo, são capazes de desempenhar inúmeras funções. “A mulher atua diariamente em sua profissão, como mãe e esposa sempre com a mesma empatia e sensibilidade inerentes a sua natureza”, declarou.

Deixe uma resposta