Depois de levar o “Projeto SAMU na Escola” para as instituições de ensino públicas e particulares de Montes Claros, o intuito agora é alcançar os bairros da cidade com o “SAMU na Comunidade”.

Assim, na tarde dessa sexta-feira (16), aconteceu uma reunião no auditório do Complexo Regulador do SAMU Macro Norte, em Montes Claros. Durante o encontro, foi firmada uma parceria entre o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência no Norte de Minas (Cisrun) e a Secretaria Municipal de Saúde que irá proporcionar a iniciativa nas unidades de saúde de Montes Claros.

O projeto consiste na divulgação à população, pelos agentes de saúde, de treinamentos que serão realizados pelos instrutores do Núcleo de Educação Permanente do SAMU com orientações sobre temas como prevenção de acidentes no lar como queimaduras e afogamentos, a forma correta de amamentar um recém-nascido, técnicas de desobstrução de vias aéreas, como proceder em uma parada cardiorrespiratória e acidente vascular cerebral, e quando acionar o serviço de atendimento de urgência do SAMU.

O SAMU ainda irá treinar cerca de 1.800 funcionários das 83 unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) da Secretaria Municipal de Saúde. Médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem do Município ainda receberão cursos de Suporte Básico e Avançado de Vida com módulos teóricos e práticos.

Ainda foi apresentada a plataforma de educação a distância do SAMU que possui todo o material didático para treinamento das equipes da instituição. A ideia é que a Secretaria de Saúde desenvolva sua própria plataforma para proporcionar aos servidores municipais um processo de capacitação continuo.

A diretora executiva do Cisrun, Kely Cristina de Moura Lacerda, ficou satisfeita com a parceria que não terá custo para as entidades e que acredita na capacitação continuada dos servidores. O presidente do Cisrun, Silvanei Batista Santos, por sua vez, entende que a parceria entre a entidade que representa e a Secretaria de Saúde de Montes Claros será muito frutífera e que quem irá ganhar mais é a população da maior cidade do Norte de Minas.

Deixe uma resposta