O Dia Internacional da Mulher é celebrado neste domingo (8 de março). A data frisa a importância da mulher na sociedade e a história da luta pelos seus direitos. No SAMU Macro Norte, existem muitas funcionárias de referência e que têm sido destaques na instituição.
A começar pela coordenação geral do serviço, que atende a uma população superior a 1,6 milhão de pessoas em todo o Norte de Minas. A gestão do órgão está nas mãos de Kely Cristina de Moura Lacerda, que desde 2015 está à frente da instituição como diretora executiva e junto com uma equipe de pessoas de peso eleva o patamar do órgão com muito profissionalismo fazendo com que o SAMU do Norte de Minas seja referência no Estado e em todo país.
  A equipe coordenada por Kely é composta por algumas mulheres de destaque que fazem o órgão se movimentar com excelência. Entre os setores liderados por mulheres estão a Coordenação de Enfermagem, Coordenação Médica, o Setor Jurídico, a Controladoria Interna e a Gerência de Recursos Humanos; essas mulheres venceram qualquer tipo de preconceito da sociedade e deixaram o caminho livre para uma mudança no perfil do mercado de trabalho.
  A coordenadora médica, Lilian Christianne Brito Fernandes, está há sete anos trabalhando no SAMU e contou que para chegar onde chegou passou por vários desafios que trouxeram para ela grande crescimento pessoal e profissional.
“O SAMU é uma experiência única e maravilhosa. Tenho orgulho de trabalhar nessa instituição, o valor é imensurável  ao ver uma parada cardíaca revertida, um sofrimento diminuído ou um olhar de agradecimento. Temos que provar muito mais nossa capacidade e habilidades para conseguirmos um espaço no competitivo mercado de trabalho. As mulheres têm conseguido mostrar competência em um mundo ainda com vestígios machistas”, finalizou a médica.
Há nove anos na instituição, a coordenadora de Enfermagem, Larissa Lopes de Alcântara e Gonçalves disse que o SAMU é um local muito organizado e comprometido com o funcionário; ressalta que lidar com pessoas não é tarefa fácil, e que trabalhar com emergência é prazeroso, mas muito estressante; mas que com respeito, paciência, comprometimento, profissionalismo e equilíbrio emocional é possível conseguir êxito”.
Larissa fala ainda sempre sonhou em trabalhar no SAMU, fez faculdade de enfermagem, iniciou a pós-graduação de Urgência e Emergência antes de se formar, e com três meses de finalizada a sua faculdade, começou a trabalhar no SAMU Macro Norte e na primeira oportunidade passou no concurso e se estabeleceu no serviço que tanto ama.
Roberta Soares Aquino, é assessora jurídica, trabalha no SAMU há nove anos e disse que um dos seus maiores desafios foi relacionar a legislação existente à realidade do consórcio intermunicipal de saúde diante de suas necessidades, por se tratar de uma instituição nova criada em 2010 e ainda com pouca legislação específica referente a consórcios.
A assessora disse que sempre foi muito respeitada em seu trabalho e pode externar suas opiniões e sugestões com diálogo aberto e saudável. “O SAMU para mim é uma grande escola de aprendizagem, é uma instituição grande em tamanho e em missão, com desafios diários que nos instigam a sempre aplicarmos conhecimentos para fortalecermos a missão de salvar vidas”, falou Roberta.
Josianne Fernanda Carvalho Mendes, é o nome da Gerente de Recursos Humanos, que é formada em enfermagem apesar de estar há sete anos exercendo função administrativa. Ela conta que trabalhou como enfermeira na atenção primária do município de Bocaiuva, o que permitiu o então presidente da época conhecer o seu trabalho; disse ainda que o SAMU significa crescimento pessoal e profissional em sua vida. “Foi aqui que conheci várias pessoas e tive a oportunidade de aprender a conviver diariamente com as diversas subjetividades humanas. Enfrentei o desafio de atuar na rotina administrativa que até então era algo novo, uma experiência diferente, mas agarrei a oportunidade com dedicação e apoio de todos que trabalhei, trazendo bons resultados para o setor”.
A gerente de RH finalizou agradecendo à diretora Executiva, Kely Cristina que através do seu exemplo de mulher e profissional, lhe estimula a buscar fazer sempre o seu melhor, tendo ela como uma referência, e também à Roberta Soares pelo acolhimento respeitoso e cuidadoso desde o primeiro dia de trabalho e a sua mãe que é exemplo de amor, alegria e temor a Deus.
Jaciara Mendes Ferreira é responsável pelo Setor de Controle Interno e conta que sempre se preparou tecnicamente para exercer uma função de destaque e estar como controladora interna de uma instituição tão importante como o SAMU a motiva querer fazer cada vez melhor.
Por fim, a diretora executiva Kely Cristina de Moura Lacerda diz que foi muito difícil chegar onde está, às vezes até tenta entender como tudo aconteceu em sua vida, mas considera que tudo tenha sido obra divina e ressaltou que: “A única coisa que sempre me esforço é para ser uma boa pessoa para as demais que estão em minha volta e tudo que me propus a fazer até hoje, dei o máximo de mim. Enfim, são os frutos que colhemos quando dedicamos, pode ser a coisa mais simples de fazer, se você fizer com amor e cuidado, você será sem sombra de dúvida destaque e referência. É nisso que acredito e é assim que vivo a minha vida”, disse a Kely.
A Diretora ainda fez questão de frisar que trabalhar no SAMU é receber energia positiva a todo instante. Apesar de estressante, a atividade tem como resposta o salvamento de vidas e não há nada mais gratificante do que saber que o seu esforço resulta em coisas boas. “Quero agradecer a toda minha equipe, formada por homens íntegros e mulheres de garra, pelo empenho, esforço e dedicação com que tratam o serviço e deixar um abraço carinhoso a todas as mulheres pelo nosso dia tão especial que deve ser comemorado com muita alegria”, agradeceu.

Texto: Letícia Fernandes