O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun)/SAMU Macro Norte recebeu a visita do ex-governador do Rotary Clube Distrito 4760, Alexandre Pires Ramos, a tesoureira Viviane Rosado e o auditor da Fundação Rotária em Sete Lagos, Itamar Duarte Ferreira, na tarde desta sexta-feira (16), no Complexo Regulador da instituição.

Durante o encontro, foi apresentado ao auditor Itamar Ferreira os investimentos aplicados na implantação da Rede AVC. O projeto que é uma parceria entre o SAMU Macro Norte, Rotary Internacional e Santa Casa de Montes Claros, teve inicio em 2016 com o objetivo de oferecer suporte mais humanizado aos acometidos do acidente vascular cerebral. À época, a Santa Casa recebeu recursos para receber as vítimas do AVC e o SAMU ficou responsável pela qualificação dos profissionais e estudantes da saúde para o atendimento adequado desses pacientes, assim como, pela confecção do protocolo e fluxo dos pacientes acometidos pelo AVC . O Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Cisrun capacitou cerca de cinco mil pessoas em todo o Norte de Minas Gerais.

Em 2017, o Cisrun recebeu também a doação de macas e bonecos realísticos que serão utilizados nos treinamentos do segundo módulo do Projeto Rede AVC, que, por sua vez, acontecerá a partir do próximo mês de maio. O coordenador do NEP, Ubiratam Lopes Correia explica que a segunda fase do processo será mais específica com as condutas adotadas, a parte clínica e as complicações. “A abordagem inicial será dentro da porta de entrada (hospitais e unidades de saúde), o manejo do paciente com AVC e o fluxo estabelecido para esse paciente na região”.

Além das aulas teóricas, que serão realizadas em algumas das bases descentralizadas do Cisrun/SAMU, os profissionais participarão de estações práticas com os equipamentos doados pelo Rotary que contribuirão para a fixação do conteúdo.

Segundo Alexandre Ramos, o Projeto Rede AVC é uma iniciativa que servirá como modelo para todas as organizações, na medida em que seus benefícios forem reconhecidos pelos profissionais do setor e pela população. O auditor fiscal Itamar Ferreira, por sua vez, se mostrou admirado com o trabalho realizado pela instituição na região e expressou o desejo que o projeto tenha continuidade capacitando profissionais e estudantes para atender melhor à população.

A diretora executiva do Cisrun, Kely Cristina de Moura Lacerda, agradeceu aos representantes do Rotary Internacional pela parceria que proporcionou a realização do Projeto Rede AVC e lembrou que as duas instituições atuam em atividades distintas, mas que têm uma interseção no que diz respeito à relevante prestação de serviço à população e que pode ser expressa por um dos lemas oficiais do Rotary: Dar de Si Antes de Pensar em Si.

 

Por Jane Felix
Assessora de Comunicação
SAMU Macro Norte
Contato: (38) 9 9944-0311
ascom@cisrun.saude.mg.gov.br

Deixe uma resposta