Profissionais do SAMU Macro Norte participaram de uma simulação com o protótipo de uma cápsula criada para transporte de pacientes com suspeita de Covid-19, na tarde dessa quinta-feira (07).  O treinamento que aconteceu no Complexo Regulador, em Montes Claros, teve como objetivo avaliar o que pode ser aprimorado no equipamento que foi desenvolvido em parceria com especialistas da área de engenharia e da biologia.

A espécie de redoma poderá levar mais proteção aos socorristas do SAMU permitindo a circulação do oxigênio apenas no seu interior. A cápsula possui aberturas que dão acesso às mãos dos enfermeiros e médicos para quando for necessária alguma intervenção durante o percurso para o hospital. O equipamento ainda contém dobradiças e encaixes para a retirada rápida da cápsula em caso de uma parada cardiorrespiratória, possibilitando que a equipe inicie as técnicas de reanimação cardiopulmonar imediatamente.

Durante o treinamento, a engenheira biomédica e clínica Erlane Sandra Motta, que atua no desenvolvimento do projeto, apresentou aos socorristas do SAMU um novo equipamento que também está sendo criado por ela durante a produção da cápsula. Segundo Erlane, o projeto é um equipamento de videolaringoscopia produzido em uma impressora 3D. A ferramenta contribuirá durante a intubação dos pacientes possibilitando ao médico uma nítida visão da estrutura da glote e evitando o contato face a face entre profissional e paciente.

“Com o videolaringoscópio você tem certeza que intubou o paciente. Você dispensa naquele momento a confirmação da intubação pelo capnógrafo, então, agiliza o nosso processo e melhora em relação a custos operacionais”, afirma o coordenador do Núcleo de Educação Permanente do SAMU, Ubiratam Correia, que ainda revela a aprovação dos equipamentos pelos médicos e coordenadores presentes.

A diretora executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun), Kely Cristina de Moura Lacerda, lembra que o desenvolvimento da cápsula de transporte, e dos equipamentos que serão utilizados com a cápsula, contribuíra para proporcionar mais segurança aos profissionais da instituição ao mesmo tempo em que terá um custo reduzido de produção.

Por Jane Felix
Assessora de Comunicação
SAMU Macro Norte
Contato: (38) 9 9944-0311
ascom@cisrun.saude.mg.gov.br